Acesse a FOLHA DE SÃO PAULO e a RÁDIO JUBILEU FM 105.9

Carregando...

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Divulgando... participem!!!


1ª Clínica de Arbitragem e Treinamento para Goalball (Esporte para pessoas com deficiência visual)

Realização: Associação Sergipana de Esportes para Pessoas com Deficiência Visual (ASSEDEV)

... PROGRAMAÇÃO

... ...

* Dia 18/07/2012 (Quarta-feira): ABERTURA

Local: Auditório da Sociedade Semear.

Rua Vila Cristina, 148 - centro - Aracaju - Sergipe

das 15:00h as 17:00h = Credenciamento.


Abertura do Evento (das 17:00 às 19:00)

Composição da mesa (Autoridades)

• Abertura Cultural

- Coral (formado por pessoas com deficiência visual)
- Apresentação da Capoeira
- Homenagem aos Atletas Premiados

. Palestra com Fisioterapeuta e Ortopedista.

. Discurso do Presidente da ASSEDEV (Aleanderson Oliveira) com participação da Profa. Ms. Sílvia Helena Piantino Silveira (Ribeirão Preto - SP).


Cursos: (Local: Colégio Estadual Governador João Alves Filho)
“Educação Física e Esportes Adaptados para Pessoas com Deficiência Visual”
Profa. Ms. Sílvia Helena Piantino Silveira (Ribeirão Preto - SP)

* 19/07/2012 (quinta-feira)

8h às 12 h Aula teórica:

Causas da deficiência visual.

Classificações.

Classificação Funcional.

Orientações no relacionamento com pessoas com deficiência visual.
Esportes adaptados e esporte para deficiente visual.

14h às 18h Aula prática:
Orientação e mobilidade: noções básicas e vivência.

Educativos para a prática de atividades motoras tais como correr e saltar.
Atividades motoras básicas com manipulação de diferentes tipos de materiais
com bolas, bambolês e cordas.

* 20/07/2012 (Sexta-feira)

8h às 12 h Aula prática:

Iniciação aos jogos de salão: xadrez, dama, jogo da velha e dominó.
Iniciação ao Goalball: vídeos e atividades práticas (fundamentos, técnicas e regras).

14h às 18h Aula prática:

Iniciação ao Atletismo: vídeos e atividades práticas (fundamentos, técnicas e regras).
Iniciação ao Futebol de 5: vídeos e atividades práticas (fundamentos, técnicas e regras).

----------------

“Clínica de Arbitragem de Goalball ”

Profa. Carla da Mata (Coordenadora Nacional de Arbitragem de Goalball)

Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais - CBDV

* 21/07/2012 (Sábado) 8h às 12 h Aula Teórica

• INTRODUÇÃO- (histórico da modalidade; o jogo; a arbitragem e suas funções).
• Marcação da Quadra: fita, barbante, traves (ou 4 cones grandes, 4 cabos de vassoura e 20 metros de corda)

14h às 18h Aula Prática

• Comandos da arbitragem e regras


* 22/07/2012 (Domingo) 8h às 12 h – 14h às 16h Aula Prática

• Jogo de goalball (simulação)- rodízio entre as funções da arbitragem.

16h às 18h Aula Teórica • Considerações finais e fechamento

OBS:

* Todos os participantes deverão estar preparados para atividades práticas e levar o próprio apito.

** Só irá receber o certificado os participantes que tiverem 75% de frequência.

*** Certificado de 40h (pelo IFS)

Contato: 3179 -3787 (DIEESP - Genísia)

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Fifa confirma slogan para a Copa de 2014


Representantes da Fifa, governo e COL se uniram para anúncio

Ronaldo, Valcke, Aldo Rebelo e Bebeto se reuniram para anúncio do slogan Divulgação

A Fifa confirmou nesta terça-feira a frase "Juntos num só ritmo" (All in one Rhythm, em inglês) como slogan da Copa do Mundo de 2014. O anúncio foi feito em um encontro entre o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, além de Ronaldo e Bebeto, membros do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local da Copa (COL).

“O slogan oficial é o resultado de um esforço conjunto entre o Brasil e o mundo do futebol para encontrar uma mensagem unificadora que represente o toque único que o país oferecerá à Copa”, comentou Valcke, que está no Brasil para, nesta quarta-feira, anunciar a tabela da Copa das Confederações-2013.

A expressão "Juntos num só ritmo" já havia sido registrada no Instituto de Propriedade Intelectual da Suíça, país-sede da Fifa.

Seis agências brasileiras pré-selecionadas fizeram 26 propostas de slogan — sempre em uma versão local e outra, internacional. Mas a vencedora foi a Aktuell.

Fonte: http://www.band.com.b/

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Depois da crise no início de 2011, time se recupera e vive ótima fase no Carioca

Em um ano, quanta coisa pode mudar. Às vésperas da Taça Guanabara de 2011, o Vasco dava só os primeiros passos para sair de profunda crise interna que ultrapassava as quatro linhas. Menos de 365 dias depois, entre conquistas como a Copa do Brasil e dramas como o AVC de Ricardo Gomes, a caravela vascaína mudou o rumo e se coloca na rota de um novo título. O time está com 100% de aproveitamento no torneio e encara o Fluminense, no domingo, na decisão.


A vitória sobre o arquirrival Flamengo na quarta-feira ilustra bem o estilo desse "novo Vasco", que cresce nas adversidades. O incômodo de um jejum de quase três anos sem bater o adversário serviu como combustível para o time, que saiu atrás no placar e precisou correr em busca da virada.

E problemas não faltaram nesta jornada de um ano. A terra arrasada após quatro derrotas no início da Taça GB de 2011, com a demissão do técnico PC Gusmão e o afastamento de Felipe e Carlos Alberto; a personalidade de Cristovão para assumir após o AVC de Ricardo; a reestruturação do futebol com a saída do pilar Rodrigo Caetano, salários atrasados...

Isso não impediu a conquista da Copa do Brasil e a luta até o fim pelo título brasileiro. A reintegração de Felipe e a volta de Juninho foram até mais importantes fora de campo do que dentro. O furor dos mais jovens precisava de orientação. Foi canalizado para o campo e rendeu frutos.

Em um ano, o time mudou um pouco, peças importantes chegaram, mas o principal aprendizado daqueles dois primeiros meses de 2011 certamente foi na mentalidade. Aquele Vasco não tinha unidade, tinha correntes dissonantes. Sem tanto brilho, mas com brio e eficiência, formou-se um grupo, um time. E o horizonte é ensolarado.

28/01/2011 - Fundo do poço

Após quatro derrotas seguidas na Taça GB, sendo a última para o rival Flamengo, e em meio a grave crise de relacionamento, o técnico PC Gusmão é demitido e Felipe e Carlos Alberto afastados. Até hoje o camisa 6 questiona a atitude de mantê-lo longe do time, tomada pela diretoria, e não esconde as reservas com as atitudes do antigo camisa 19 da Colina. O clube vive seu pior momento desde o retorno à Série A do Brasileiro.

03/02/2011 – Recomeço

Com a chegada de Ricardo Gomes e após mapear nos bastidores a origem da crise, a diretoria reintegrou Felipe. O Maestro conversou com o presidente Dinamite, mostrou os problemas, a vontade de ficar e saiu fortalecido. É referência no elenco, inclusive nas reivindicações sobre salários atrasados, por exemplo.


27/04/2011 - Reizinho de volta

Enfim, Juninho voltava para casa. No embalo de uma bela campanha na Copa do Brasil, o time ganhava, além de um reforço para dentro das quatro linhas, um líder que passaria a ser fundamental nos bastidores. Atuante, Juninho serve de modelo para os mais novos e como ponte entre o elenco e comissão técnica e diretoria. A apresentação aconteceu só em junho.

08/06/2011 – Alecgol

O camisa 9 é exemplo de superação e persistência que marcam o grupo vascaíno. Sempre sofreu com perseguição da torcida, mas foi decisivo na campanha do título da Copa do Brasil. Nas finais, marcou duas vezes, uma em cada jogo, e terminou a competição como artilheiro, com cinco gols.

28/08/2011 – Trauma

O AVC de Ricardo Gomes cai como uma bomba no elenco vascaíno. Três dias depois, o time comandado por Cristovão vai a campo, derrota o Ceará e dedica o resultado ao comandante. O incidente e a recuperação do treinador acabam funcionando como grande elemento para unir o grupo, e servem de estimulantes na luta pelo título brasileiro até a última rodada.

27/11/2011 – Bernardo

O xodó decide no último minuto contra o Fluminense, na penúltima rodada, e mantém o time na briga pelo título brasileiro. O camisa 31 ganha a torcida com sua garra e estilo emotivo e se transforma em um dos símbolos da temporada.

05/12/2011 – Fagner

Após chegar quase despercebido, Fagner impulsiona a boa campanha do Vasco em 2011 e é eleito o melhor lateral-direito do Brasileiro. Na temporada atual, começou a todo vapor e já se tornou um dos principais nomes do time. Um dos melhores exemplos da filosofia vascaína de apostar na evolução de nomes ainda pouco conhecidos.

15/02/2012 – Exceção


Dentro do bom ambiente formado na Colina, a atitude de Bernardo ao acionar o clube na Justiça por salários atrasados não ecoou bem entre os jogadores. O meia foi afastado, quer voltar, mas terá de convencer companheiros.

22/02/2012 - Apetite implacável


Alecsandro cresceu com o time no início de temporada. São nove gols em nove partidas, incluindo a da semifinal contra o Fla. Confiante, pediu ao L! para ser chamado de Alecgol e quer a reedição da máscara da careta que o pai tornou famosa. Está certo de que pode levar o clube a novos títulos. Alguém duvida?

Fonte: http://www.band.com.br/esporte

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Mundial de Trampolim por idade terá participação de 44 brasileiros

Aleanderson Oliveira


Mundial de Trampolim por idade, terá participação de 44 brasileiros. A competição será realizada de 24 a 27 de novembro em Birmingham, Inglaterra. O Brasil terá 44 representantes no World Age Group Competitions, Mundial de Trampolim por Idade (23 no feminino e 21 no masculino). A competição de Ginástica de Trampolim reúne ginastas das categorias Infantil, Infanto-juvenil, Juvenil e Adulto e será disputada na próxima semana, dos dias 24 a 27, em Birmingham, na Inglaterra.

Na segunda-feira (21), já iniciam os treinamentos, que terminam na quarta-feira (23). O campeonato terá disputas de Trampolim (treinadores Tatiana Figueiredo, Alexandro Pereira, Ednalva Rocha e Cristina Aladim), Tumbling (Estácio Costa, Márcio Guerra e Thiago de Almeida) e Duplo Mini-trampolim (Silton Santos, Cláudio Júnior, Maria Juliana Ribeiro Silva Cardoso e Rubens Celso Martins).

O chefe de delegação do Brasil será Marcos Antônio de Oliveira. Junia Haliski e Rodrigo Barcelos Rodrigues de Lima vão como chefe geral de equipe. O Trampolim e o Duplo Mini terão chefes específicos, Mário César Carvalho e Shirley Arantes, respectivamente. A arbitragem do Mundial contará com seis brasileiros: Klayler Mourthé, Mariana Accardo, Paulo

Carrara, Pedro Alves Paiva, Marina Araújo e Marcos Antônio de Oliveira.

Ginastas:

Feminino - Alice Hellem Gomes, Ana Luiza de Paiva Melo, Ana Luiza Ferreira, Andressa Ferreira Sanders, Camila Lopes Gomes, Carolina Tropia Aladim, Catarina Campos Coutinho, Daienne Cardoso de Lima (que já está no país europeu para disputar o Mundial da categoria Elite, nesta

semana) , Daniela Ramos Petti, Flavia Moutinho Menezes, Ingrid Simão Souto Maior, Julia Morato Coelho, Juliana Haddad, Karolaine Cristina dos Santos, Kerly Priscila Jesus de Oliveira, Larissa Tropia Aladim, Lorrane Souza Sampaio, Marcela Nunes Sobral Martins, Maria Eduarda Silva Rodrigues, Milena Soares Matias, Nathalia Silva Brilhante, Taynara Gabrielle Delfino e Thais Aparecida Costa Carneiro Masculino - Alexandre Lucas Rodrigues da Silva, Allan Rodrigues Pires, Breno de Paula Souza, Bruno Henrique de Souza, Caique Freitas de Carvalho, Daniel Bragança Viana, Delmar Junio Ferreira Marcos, Felipe Barreto Quidet Muniz, Henrique Silva de Lima, Kauan Calderaro, Leonardo Chaves Vieira, Leonardo Santos Alexandrino, Lucas Henrique Sotero do Nascimento, Lucas Junior Tobias, Lucca Mormillo, Luiz Arruda Junior, Rafael Silva de Souza, Ramon Vidal de Abreu, Warlisson Junior de Senna, Washington Lopes Leandro, Wesley Pereira Matos.

Fonte: Confederação Brasileira de Ginástica Rítmica

http://cbginastica.com.br/cbg/

Vitória fora de campo

Aleanderson Oliveira


Sergipe obtém todas as certidões

Enquanto muita gente está preocupada em saber o elenco do Sergipe para a temporada de 2012, a diretoria do clube está focada não apenas na contratação dos jogadores, mas também, em criar um ambiente favorável para a formação do time. Na semana passada, o departamento jurídico do Sergipe conseguiu uma grande vitória: a obtenção de todas as Certidões Negativas de Débitos (CND) do clube, que há cerca de 20 anos não obtinha este documento, devido às pendências financeiras.

Agora, o Sergipe está legal perante a justiça. Depois de obter o Certificado de Regularidade do FGTS da Receita Federal (Certidão de débitos relativos aos tributos federais e à dívida ativa da União) e Ministério da Fazenda (Certidão de débitos relativos às contribuições previdenciárias e às de terceiros). Ressalta-se que por conta do fim social, o clube é isento da certidão municipal e estadual.

Com este avanço, o Sergipe agora está dentro da uma enxuta lista. Só para se ter ideia da dimensão da vitória do clube sergipano, baseado em dados de julho deste ano, nenhum dos clubes grandes do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul possuía a Certidão Negativa de Débitos.

O presidente do Sergipe, advogado Genisson Silva, vai além. “Dos quase mil clubes profissionais cadastrados na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), não deve chegar a 50 o número de clubes que possui Certidão Negativa de Débitos”, diz o presidente.

Com as certidões em mãos, o clube agora terá condições de obter mais capital para poder pagar a dívida que já chegou a casa de 1,4 milhão, mas que vem encolhendo gradativamente. Diga-se que a presidente da República, Dilma Roussef, sancionou uma lei que cria a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas, que determina que os clubes que tiverem débitos de FGTS,

salários, férias, entre outros, não poderão ter acesso à Lei de Incentivo ao Esporte e nem a patrocínios de empresas estatais. Em 2007, a criação da Timemania permitiu aos clubes renegociarem dívidas fiscais. Só que em pouco tempo os clubes fizeram novas dívidas. “Não há nada que impeça o Sergipe de obter estes benefícios. Pode-se, agora, buscar patrocínio de órgãos público e criar projetos que recebam verba federal”, diz Genisson Silva.

Já o diretor financeiro do clube, Luis Santana, volta a tocar na tecla de que o torcedor colorado precisa continuar contribuindo com o clube. “Só assim iremos recuperar financeiramente o Sergipe”, diz Santana. Quem quiser contribuir poderá fazer a sua doação pelo Banco Banese, agência 011, Conta Corrente: 104.330-1.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Clube Esportivo Sergipe

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Arbitral para o campeonato sergipano 2012

Por Aleanderson Oliveira


A federação sergipana irá realizar agora no mês de outubro a primeira reunião para discutir a fórmula do campeonato do próximo ano. Uma das propostas é que o campeonato seja estendido até o mês de julho, já que os clubes estão achando o tempo curto, e que também seja reduzida a faixa etária de idade para os juniores de sub 20 para sub 18, já que o campeonato dá o direito ao campeão e a copa São Paulo sub 18, que acontece todos os anos no mês de janeiro.

Já as vistorias que devem ocorrer nos estádios nos quais acontecerão a disputada dos jogos do campeonato sergipano de 2012, comissão que é composta pela Federação Sergipa de Futebol, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Ministério Público Estadual, são esses órgãos que avaliam os estádios para a realização dos jogos do campeonato estadual.

Esperamos que a comissão exija o necessário dos dirigentes dos clubes e das prefeituras desses municípios que possuem os estádios, pois sabemos que muitos deles não têm nenhuma condição para a prática do futebol profissional e nem amador, já que não dá condições de conforto nem de segurança aos torcedores, atletas e arbitragem.

Alguns estádios que não oferecem boas condições de uso são: o de Laranjeiras, Boquim, Itabaianinha, São Domingos, Porto da Folha e Propriá, sendo que neste último há dois estádios que não oferecem nenhuma condição para aqueles que forem assistir aos jogos. Já em outros estádios, há pelo menos a mínima condição de funcionamento, devido a secretaria de estado de esporte e lazer ter reformado esses espaços, são eles: Presidente Médici em Itabaiana, Augusto Franco em Estância, Governador Valadares em Maruim, Franção no município de Carmópolis e o Wellington Elias em Nª Sra do Socorro. Esperamos que outros estádios venham a ser reformados pela a secretaria e as prefeituras dos municípios.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A crise do futebol Sergipano

13/10/2011 20:25:40
Por Aleanderson Oliveira

O futebol sergipano atravessa um momento difícil, pois os torcedores não acreditam mais no nosso futebol. Pode se perceber através da média de público dos campeonatos dos últimos cinco anos, que os valores têm sofrido uma queda considerável. Podemos perceber que em 2006, no campeonato daquele ano tivemos um público de 1577 pessoas. Após cinco anos, em 2011, tivemos um público de 538 pagantes, com isso, podemos atribuir à falta de torcedores nos estádios do nosso futebol aos dirigentes que administram os clubes.

Já a nível nacional o estado não vem fazendo grandes campanhas nos campeonatos brasileiros, exceto 2008, pois foi no brasileiro da série C que o Confiança teve a oportunidade de subir para a segunda divisão, mas faltou experiência e comando dos dirigentes do clube. Já em 2009 foi rebaixado para a série D no campeonato brasileiro.

Também, em 2008 o Sergipe foi eliminado pela CBF por terem colocado um jogador irregular contra o CSA de Alagoas. Já em 2009, o Sergipe não passou da segunda fase porque a CBF decretou que o Tupí fez mais pontos que o clube sergipano, só que todos viram que o Tupi fez menos pontos na segunda fase, já que o clube mineiro fez dois pontos e o clube sergipano fez três pontos já em 2010.

O Confiança e o Ríver Plate de Carmópolis não passaram da primeira fase e 2011, portanto o que podemos aguardar do futebol sergipano para os próximos anos nos campeonatos sergipanos copa nordeste copa do Brasil e campeonato brasileiro? Mas com a reeleição de Carivaldo para mais 4 anos a frente da federação sergipana de futebol não podemos esperar muito em mudanças, exceto se os clubes inserirem mudanças em toda federação principalmente na forma de administrar em conjunto com os clubes.